Edição número 11

Ano 3 - número 11

outubro-dezembro 2010

Artigos desta edição

Eugênio Bucci

Direito à Informação e Interesse Nacional

Na base mediana da nossa cultura política, a liberdade de imprensa é vista com certa reserva, como se fosse um muxo-xo liberal ou um direito humano de segunda grandeza. Como bandeira, serviria apenas para dar salvo-conduto à indústria da injúria, numa prerrogativa conveniente para os que lucram com o sensacionalismo. Há mesmo os seus críticos… Leia o artigo

Denise Chrispim Marin

Onde Está o Fio Terra?

Em 1o de janeiro de 2003, o ministro das Relações Exteriores Celso Amorim emitiu um claro sinal de como a política externa brasileira seria conduzida no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, empossado horas antes no Palácio do Planalto. No auditório Wladimir Murtinho, no Itamaraty, Amorim ouviu Celso Lafer, que lhe passava a… Leia o artigo

Rolf Kuntz

Entre o Estado Incompleto e o Sonho de Potência

O primeiro grande interesse nacional em jogo nas eleições de 2010 é a preservação das duas conquistas mais importantes dos últimos 25 anos: a democracia política e as bases da estabilidade econômica. A modernização do Estado, lenta e ainda longe de se completar, é condição para um avanço mais seguro naquelas duas frentes. Esta escolha pode… Leia o artigo

Paulo Moreira Leite

Lula e o Futuro. Herança e Perspectivas

O Brasil chega à segunda década do século XXI num dos melhores momentos de sua história. A economia deve encerrar 2010 com uma taxa de crescimento próxima de 7%. Não se imagina que será possível manter o mesmo nível de atividade pelos próximos anos, mas a maioria dos economistas concorda que o País tem condições de… Leia o artigo

Maria Inês Nassif

Um Sistema Partidário em Franca Senilidade

As pesquisas apontam para o franco favoritismo da candidata governista, Dilma Rousseff (PT) – isso os números dizem. O que escondem, todavia, desse sistema presidencialista onde a escolha do chefe do Executivo monopoliza as atenções, é uma crise partidária de enormes proporções que deve atingir o seu ápice no período pós-eleitoral. Das urnas, se confirmada… Leia o artigo

Paulo Sotero

O Futuro Agora tem Prazo

Dezesseis anos de estabilidade e crescimento econômico em democracia permitiram ao Brasil iniciar mudanças internas que nos melhoraram como nação. A credibilidade e autoconfiança resultantes desses câmbios permitiram ao País projetar-se num mundo em rápida transformação desde o fim da Guerra Fria. A despeito de não ter realizado nenhum dos objetivos declarados da política externa… Leia o artigo

Cristiano Romero

O Desafio de Superar a Belíndia

O Brasil conquistou, no espaço de 25 anos, estabilidade política e econômica. Os resultados das eleições não são mais contestados e não há, neste momento, expectativa de reversão da ordem democrática no futuro previsível. Na economia, o País superou a hiperinflação, tornou o Estado solvente e aumentou, nos últimos anos, o crescimento potencial do Produto… Leia o artigo